quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Eu te amo Sophia!

....

Quando prestei vestibular para Filosofia eu não sabia ao certo, sistemática ou categoricamente, o que era ou para que fazer Filosofia. Fazem dois anos desde a prova do Vestibular que me fez estar hoje cursando Filosofia na Universidade Federal do Ceará. E fazem dois anos que eu me pergunto diariamente: o que é e para que serve a Filosofia?

Observando os conceitos aos quais tive acesso nesse curto período de contato diário com a "Philos Sophia", o que mais me chamou a atenção e conseguiu quase me satisfazer foi um conceito mais etimológico: O Amor a Sabedoria, significado da palavra Filosofia nas suas origens gregas.

Mas se analisar bem, será que eu sei o que é o amor? E a sabedoria? Foi quando cheguei a essas perguntas que pude me atentar ao processo de uso da filosofia: Perguntar! E foi por sentir profundo apreço pelo ato de perguntar que descobri enfim o significado desse amor... o amor a sabedoria é incondicional, é perguntar sem exigir respostas. É perguntar, e fazer surgir novas perguntas.

E a sabedoria? Sabedoria, penso eu, tendo Sócrates como referência, é saber o quanto não se sabe. É perguntar-se por algo, e ao não ter respostas buscar novas perguntas para exercitar esse amor ao saber.

Eu te amo Sophia!


Ediane Soares
.

Um comentário:

Wesley Alves disse...

é gostoso demais...
Ler-te
Sentir saudade de você
Ver que vc não desistiu
que persiste...
insiste...
Faz o que eu não fiz
Assim, assim sem dúvida
Deus (se existir?) fica tão feliz...
rs...

bjo.