sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Nada tenho à declarar

e o amor é uma mera coincidência.

Um comentário:

s. disse...

o amor é uma praga, isso sim. chutaqueémacumba!