sábado, 26 de abril de 2008

Com[posição]

.
Bom senso pode tornar-se veneno

Não quero viver da passividade de um vício.

Não tenho medo do escuro, trago comigo velas.
Não quero dominar o mundo com minhas próprias palavras...
Nem chegar ao final das contas com minhas próprias pernas.

Minha loucura é maior que qualquer subterfúgio involuntário
Minha loucura é opcional...







Ediane Soares

2 comentários:

Aninha disse...

a minha loucura também é opcional poetisa!
Linda poesia...
Bjos,

Ana

Wesley Alves disse...

"não tenho medo do escuro, trago comigo velas"
Puts... poetisa... QUE LINDO...
sou incapaz de descrever o prazer estético do verso.
vou resumir: LINDO!