segunda-feira, 18 de junho de 2007

Ideologia

Olhem a ideologia...
Pasmem! Espantem-se!
- Ela cresceu!
E cresceu tão bravamente... tão lindamente!
Alguém percebeu?
Alguém notou como ela cresceu?
O sorriso é outro.
A esperança é nova.
O desejo... ah! O desejo... também é outro agora!
E a vida que ela acreditou é nova.
Pasmem! Espantem-se!
- ela cresceu!
E como tudo que cresce, mudou...
E mudou tão sutilmente, tão intensamente!
Alguém percebeu?
Alguém sentiu a diferença dos detalhes?
A coragem é outra!
Tem requintes de utopia.
Pretensão de poesia...
E a história que ela escreve agora também é minha.

Ediane Soares



Um comentário:

lkevita disse...

Esse poema é digno de uma apreiação! Adorei! Parabéns pelos versos amiga! A cada dia te admiro mais. Beijos! Lorena Kelly