domingo, 28 de novembro de 2010

Tava por aí

Musiquinha gostosa pra tarde de domingo, meio ressaqueada, meio sonolenta, meio inteira, meio quebrada... e cheia de vontades!

Segue...




Tava por aí. Olhando, sentindo, te amando e andando. Gozando sempre. Tava mesmo por aí. Dançando, bebendo, correndo, saindo e ficando. Tomando chuva. Mas tudo bem, cê tava por aí também. Mas, tudo bem, eu tava por aí também. E foi assim que eu te encontrei. Bonita, peituda, cheirosa, pedante, teimosa. Fazendo finta. De vez em quando você vem. Chegando, bulindo, aplaudindo, somando e assumindo. Pintando a sete. Mas tudo bem, cê tava por aí também… Sou Zé Malandro, sou de rua e bem que eu gosto. São Jorge é quem manda na lua, me disse que eu tudo posso. A vida continua nua e crua e muito boa. O vento é o leque da pessoa que andava a toa. Mas tudo bem, cê tava por aí também… Você me fez acreditar no calor de um amor do passado que invadiu, já pintou e bordou noutras vidas. Foi refogando a minha alma com ervas daninhas. Molambo, bendita, princesa bonita, formosa que me conquistou. Mas quando o tempo fecha a ponte eu desponto sem teto é um pretexto pra você ficar por aí. Mas tudo bem, tava por aí também…


"Tava por aí" - Mart'nália

3 comentários:

s. disse...

Estamos por ai

mari disse...

Anrram...

Fernanda Rodrigues disse...

tamo aê também... hehhee